quinta-feira, setembro 01, 2011

Vírus: cuidados que se deve ter com o seu computador (parte 4)

Infecção: como acontece ?


Vírus por pendrive
Para que um programa de código destrutivo(vírus) possa proliferar-se, é
necessário uma forma de transporte. Como os vírus biológicos, é preciso um
“hospedeiro” para entrar em contato com outro corpo e assim poder
disseminar o vírus.
Uma das formas mais usadas é o uso de pendrives.
O criador do vírus grava seu código destrutivo em pendrive, e posteriormente,
executa-o em máquinas que são usadas por várias pessoas, como
computadores de salas de treinamento ou de empresas. O próximo usuário a
utilizar o computador infectado, entrará com seu pendrive e o vírus que já está
carregado na memória, se auto copiará ocultamente para o pendrive, gerando
assim mais um “hospedeiro”.

Vírus por e-mail
Outra forma, que hoje é a mais focada pelos criadores de vírus, é o correio
eletrônico.
É a forma mais eficiente de se disseminar um vírus, pois praticamente todas as
pessoas que usam computadores, possuem um e-mail.
Ao abrir uma mensagem que contenha em anexo um arquivo de código
nocivo, nada de anormal acontecerá, isso porque o conteúdo da mensagem não
pode ser executado, por se tratar de texto que não utiliza linguagens de
programação como recurso. Mas ao executar o arquivo anexado, será iniciado
o processo de execução das instruções contidas em seu código.
As principais instruções desses vírus são a de se auto copiar para o disco
rígido, buscar a lista de endereços eletrônicos do gerenciador de e-mail
utilizado (Outlook Express, Netscape Messenger, Eudora, etc.) e se auto
enviar para todos os nomes da lista.


fonte: Gerência de Transferência de Tecnologia-CCUEC / Paulo Serrano (28/08/2001)

Nenhum comentário:

Postar um comentário